Domingo, 19 de Novembro de 2017

OIT vai investigar uso da PM-2 para espionar sindicatos

11 FEV 2008Por 18h:11
    

               

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) instaurou processo para apurar a utilização da Serviço Reservado da Polícia Militar (PM-2) pelo governador André Puccinelli (PMDB) para espionar sindicalistas, em assembléia de professores ocorrida no mês de outubro do ano passado, na ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública).

A informação é da diretora adjunta do Departamento de Normas Internacionais do Trabalho e Responsável pela Liberdade Sindical, Karen Curtis. O caso deverá ser denunciado no relatório internacional da entidade.

Leia Também