Quarta, 22 de Novembro de 2017

Oficiais do Itamaraty ameaçam entrar em greve

10 JUN 2008Por 09h:49
     Uma antiga briga no interior do Itamaraty deverá estourar com a greve de 24 horas organizada pelas duas categorias que dão suporte ao trabalho da diplomacia brasileira. Um contingente de 1.400 oficiais e assistentes de chancelaria que atuam no Brasil e no exterior exige a redução da diferença entre os seus salários e as remunerações dos diplomatas.

        

        Primeira paralisação no Itamaraty desde 1994, essa greve deverá prejudicar especialmente os setores que tratam da legalização de documentos em Brasília e da concessão de vistos, nos consulados brasileiros. A greve é o resultado de rixa histórica entre os oficiais de chancelaria e a cúpula do Itamaraty, composta exclusivamente por diplomatas.

        Com informações do Estadão

Leia Também