Domingo, 19 de Novembro de 2017

Ofensiva israelense deixou 80 mil desabrigados palestinos

21 JAN 2009Por 09h:00
     

        

 

As três semanas de conflito na Faixa de Gaza deixaram 80 mil pessoas desabrigadas e a reconstrução da região atacada levará anos para ser concluída, segundo dados divulgados pelas Nações Unidas e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha. A ONU anunciou que começou a enviar à região psicólogos para ajudar crianças e famílias a superar os traumas do conflito.

 

Segundo Guido Sabatinelli, responsável de Saúde da ONU nos territórios ocupados palestinos, 1.300 mortes foram confirmadas, 410 de crianças e adolescentes de até 16 anos. Os feridos já somam mais de 5,3 mil, dos quais 300 tiveram pernas ou braços amputados.No total, 53 estabelecimentos da ONU e de organismos internacionais foram atingidos, entre eles escolas e postos de saúde. Cerca de 400 mil pessoas estão sem água encanada.

 

A maioria dos desabrigados está dormindo em escolas, apenas em locais mantidos pela ONU são 51 mil pessoas, e o restante está vivendo em casa de parentes.

 

Com informações do Estadão

Leia Também