Segunda, 20 de Novembro de 2017

Obras de restauração da Estação Ferroviária começam em julho

23 MAI 2010Por 18h:15
     

O Plano de Revitalização do Centro de Campo Grande terá início no mês de julho com as obras de restauração da Estação Ferroviária. Com a assinatura do Acordo de Preservação do Patrimônio Cultural de Campo Grande, realizada na noite da quinta-feira (20.05), em solenidade no Armazém Cultural, a Estação, patrimônio tombado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), recebe recursos iniciais de R$ 2,6 milhões do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento) das Cidades Históricas, do governo federal. A cerimônia aberta pelo prefeito Nelson Trad Filho e pela primeira dama, Antonieta Trad, contou com a presença do governador André Puccinelli, do presidente nacional do Iphan, Luiz Fernando de Almeida, da superintendente do Iphan/MS, Margareth Escobar, da diretora-presidente do Planurb, Marta Lúcia da Silva Martinez, senador Delcídio do Amaral, deputados, vereadores, representantes de universidades e do setor cultural.

O processo de restauração inclui o Complexo Ferroviário, sendo o prédio da Estação o primeiro a ser revitalizado. Também passarão por intervenções o Armazém Cultural, os galpões de manutenção dos trens, a rotunda da ferroviária e a Rua Dr. Ferreira, na Vila dos Ferroviários. De acordo com o prefeito Nelsinho Trad, o início do processo de recuperação do centro de Campo Grande acontece justamente no local onde a cidade começou. ?É um passo importante para a preservação das origens do desenvolvimento da cidade?, garante o prefeito referindo-se à Estrada de Ferro Noroeste do Brasil.

As informações são do Portal CG Notícias

Leia Também