Segunda, 20 de Novembro de 2017

Obras da Esplanada começam em um mês

18 AGO 2010Por 06h:38
Está previsto para o próximo mês o início das obras de revitalização e restauração da Esplanada Ferroviária, empreendimento financiado pelo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) das Cidades Históricas, com investimentos de R$ 3,5 milhões. A informação foi repassada ontem, pelo prefeito Nelsinho Trad (PMDB), durante abertura do Seminário Municipal de Interesse Cultural.
“Conseguimos incluir Campo Grande dentro do rol das cidades históricas brasileiras, a partir do momento em que o Iphan reconheceu na nossa Esplanada Ferroviária um patrimônio histórico nacional. Vamos iniciar em cerca de um mês a revitalização com restauro da Esplanada da Ferrovia, com R$ 3,5 milhões para serem investidos. Tudo está dentro do PAC das Cidades Históricas”, explicou o prefeito.
A licitação para a obra foi lançada em maio deste ano e concluída na quinta-feira passada. O próximo passo será a assinatura da ordem de serviço, prevista ainda para este mês.  A expectativa é que as intervenções sejam concluídas ainda no primeiro semestre de 2011.

Mudanças
Conforme informações da diretora-presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Planurb), Marta Martinez, passará por revitalização toda a área da antiga estação, que inclui o prédio onde até o dia 7 de agosto funcionava a Guarda Municipal e o pátio antigamente utilizado para embarque e desembarque dos passageiros do trem. O Armazém Cultural receberá ainda pintura externa.
“Essa área terá espaço para arquivo e acervo de peças e objetos da antiga estação ferroviária. O objetivo é criar ali um centro de referência da história da ferrovia. Além desse espaço de visitação, haverá ainda um ponto de atendimento ao turista, loja de suvenires, restaurante cultural e também um espaço para realização de feiras semanais ou mensais, dependendo da demanda. A ideia é utilizá-la para workshops e eventos culturais”, explicou, acrescentando ainda que a Esplanada da Ferrovia abrigará um auditório para 100 pessoas. (DA)

Leia Também