Sábado, 18 de Novembro de 2017

Obra do aeroporto de Corumbá foi superfaturada, diz a PF

30 JAN 2010Por 22h:30
     

        A Polícia Federal (PF) apontou superfaturamento de R$ 991,8 milhões nas obras de dez aeroportos administrados pela Infraero: Corumbá, Congonhas, Guarulhos, Brasília, Goiânia, Cuiabá, Macapá, Uberlândia, Vitória e Santos Dumont. Todas as obras foram contratadas durante o primeiro mandato do Governo Lula, 2003 a 2006. Relatório final da Operação Caixa Preta sustenta que o desvio é resultado de um esquema de fraudes em licitações arquitetado pela cúpula da estatal na administração Carlos Wilson, ex-deputado, ex-senador e ex-governador de Pernambuco (1990), que morreu em abril de 2009.

Leia Também