Domingo, 19 de Novembro de 2017

Obina brilha e Palmeiras atropela o Timão

26 JUL 2009Por 18h:00
     

        Da redação

        Sob os olhares do novo técnico Muricy Ramalho, que assistiu a partida e vibrou muito de uma das tribunas do Estádio Prudentão, o Palmeiras não tomou conhecimento do Corinthians e fez 3 a 0 no clássico paulista, neste domingo. O atacante Obina desequilibrou na partida, marcando os três gols da vitória alviverde.

        O resultado acabou com uma invencibilidade de mais de um ano da dupla de zaga do Corinthians, formada por William e Chicão. Jogando juntos, os defensores não perdiam uma partida desde a final da Copa do Brasil de 2008, contra o Sport, em 11 de julho do ano passado.

        O Palmeiras igualou o número de pontos do líder Atlético-MG (28), mas perde para o time mineiro no saldo de gols. Já o Corinthians estacionou nos 23 pontos, ocupando a quarta posição da Série A do Campeonato Brasileiro.

        O Palmeiras iniciou a partida melhor e quase abriu o placar aos 7min da primeira etapa. Cleiton Xavier cobrou falta da entrada da área e a bola explodiu no travessão de Felipe.

        O Corinthians viu sua situação piorar aos 20min. Em uma disputa com o volante Souza, Ronaldo caiu de forma atrapalhada e machucou a mão esquerda. Sem condições de prosseguir na partida, o atacante foi substituído pelo volante Moradei.

        Mais ofensivo, o Palmeiras abriu o placar aos 31min. Pierre foi lançado na direita e cruzou na área. Obina se antecipou a Chicão e cabeceou para o fundo das redes.

        O time alviverde ampliou a vantagem no começo do segundo tempo. Cleiton Xavier recebeu passe na área e foi empurrado por Chicão, sofrendo pênalti.

        Obina cobrou no canto direito e marcou. O árbitro mandou cobrar novamente a penalidade por invasão da área. O atacante foi de novo para a cobrança, chutou no mesmo canto e marcou seu segundo gol na partida.

        O atacante alviverde encerrou sua grande exibição com mais um tento aos 20min. Depois de bola levantada no ataque, Obina ganhou de Moradei. Cleiton Xavier avançou sozinho, entrou na área e tocou para o atacante chutar para o gol vazio.

        O Corinthians ainda ficou em desvatagem numérica de jogadores aos 30min. O lateral Alessandro perdeu a cabeça, acertou um pontapé em Pierre e foi expulso. (informações do Terra) 

Leia Também