Domingo, 19 de Novembro de 2017

OAB repudia volta ao cargo de deputado envolvido no escândalo do Mensalão do DEM

3 JAN 2010Por 12h:43
     

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto, em nota, condenou veementemente a volta do deputado Leonardo Prudente à Presidência da Câmara Distrital - da qual está afastado por envolvimento no escândalo conhecido como Mensalão do DEM -, anunciada esta semana. "É um descaro  indescritível, que ofende a consciência cívica da sociedade brasileira", disse. Leonardo Prudente foi flagrado nos vídeos da Operação Pandora guardando até nas meias a propina que recebeu do ex-secretário Durval Barbosa, dentro esquema que seria comandado pelo governador José Roberto Arruda. Na nota, Britto sustenta que a notícia da volta de Prudente ao cargo "é o desfecho mais lamentável para o 2009 do contribuinte brasiliense, já lesado em ações fraudulentas por políticos como ele". E reafirma o compromisso da OAB de continuar lutando pela punição dos envolvidos no Mensalão do Arruda e de "tornar 2010 um ano de lutas contra a praga da impunidade".

Com informações do Portal da OAB

Leia Também