Sábado, 18 de Novembro de 2017

OAB recorre para segurar vaga de desembargador

29 MAI 2009Por 22h:58
     

        Maria Matheus

         

A Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso do Sul (OAB-MS), recorreu hoje da liminar que suspendeu o processo de preenchimento da vaga de desembargador referente ao quinto constitucional, que seria indicado pela entidade. A expectativa da OAB-MS é que o desembargador Oswaldo Rodrigues de Melo julgue o recurso em no máximo 15 dias. Além da OAB e do Ministério Público (MP), a Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul (Amansul) também entrou na briga pela vaga de desembargador.

        "Apresentamos um agravo regimental sustentando a tese de que o ato do presidente do Tribunal de Justiça está correto ao enviar ofício à OAB para deflagrar o processo de escolha do desembargador", disse ontem o presidente da Ordem, Fábio Trad.

Leia Também