Sábado, 18 de Novembro de 2017

OAB quer garantir o direito de voto a 1,5 mil presos provisórios

14 AGO 2008Por 15h:23
     

                        A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vai solicitar, na segunda-feira (18), ao Tribunal Regional Eleitoral, a garantia de voto nas eleições de outubro dos presos provisórios que estão aguardando julgamento em presídios de Mato Grosso do Sul. De acordo com o presidente da Comissão de Fiscalização Eleitoral da OAB, João Pereira da Silva,  essa é uma garantia prevista em lei, que trata do direito e obrigatoriedade do voto de presos temporários. Em Mato Grosso do Sul, pelo menos 1,5 mil detentos estão aptos a votar.

                         

                         

                         

                         

                         

Leia Também