Sexta, 24 de Novembro de 2017

OAB defende fim do foro privilegiado

4 JUN 2008Por 23h:40
    O fim do foro privilegiado para parlamentares, gestores públicos e magistrados foi defendido pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e pela Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil). Os representantes destes segmentos manifestaram o posicionamento na audiência pública realizada terça-feira, na Câmara dos Deputados, pela Comissão Especial que analisa a PEC 130/07.

 

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, afirmou que é necessário reformular o critério de foro privilegiado nas ações penais. "Hoje o foro privilegiado é um erro e não agiliza o julgamento. É necessário criar mecanismos uniformes de instrução", enfatizou Britto.

Leia Também