Número em algarismo romano de réplica de relógio gera polêmica

DA REDAÇÃO 5 de Janeiro de 2012 | 16h39
David Majella David Majella

Relógio histórico da Avenida Afonso Pena com a Calógeras é restaurado e instalado com numeral 4 em romanos da forma 'III' e não da forma mais usual 'IV', o que gerou polêmica entre os internautas no Facebook.

A numeração adotada no relógio não está errada. A explicação é que o uso do 'IIII' é relativamente usual em relógios que exibem as horas em algarismos romanos – cujo uso em relógios podem ter diversas causas, desde estética, até religiosa (evitando o uso das letras que iniciam o nome do deus Júpiter, IVPITE.

Explicação da Prefeitura

A grafia do numeral “4” no relógio despertou a curiosidade de alguns internautas, que publicaram no site de relacionamentos “Facebook” a foto do relógio com o algarismo romano escrito como “IIII”, e não “IV” como todos estamos habituados.

A restauração do relógio se limitou em consertar o maquinário, mantendo sua identidade e arquitetura original. E foi assim que o número 4 foi escrito no relógio em 1933.

As explicações sobre essas duas formas diferentes de grafia variam entre os pesquisadores. O formato “IV” é uma forma mais moderna de se representar o número. Já o “IIII” foi usado no período chamado de “Tempos Modernos”, décadas de 30 e 40, exatamente quando o relógio foi construído.

Alguns pesquisadores acreditam que esta forma de representar o número 4 deve-se a herança da realeza inglesa ou francesa.

Fonte: Wikipédia (Referências:
http://mundoestranho.abril.com.br/cultura/pergunta_287932.shtml acessado em 14/05/2010
FAQ: Roman IIII vs. IV on Clock Dials, coleção de textos extraídos de discussões, inclusive com citação a um livro de 1947) 

Matéria atualizada às 17h para acréscimo de informações

Comentários
Mais de Argentino“Fantasma” aparece durante partida do Racing No último domingo, o Racing recebeu o River Plate e venceu por 1 a 0. O resultado fez com que o clube assumisse a...Cobra sucuri de 6 metros e 100 kg é achada em praia de ItacaréBahiaCobra sucuri de 6 metros e 100 kg é achada em praia de ItacaréJosé Carlos de Oliveira Robaldo: artigoJosé Carlos de Oliveira Robaldo: "A corrupção permeia o Brasil desde 1500"PF investiga nova rota <br> e uso de caminhão-tanqueCOCAÍNAPF investiga nova rota
e uso de caminhão-tanque
 Últimas Notícias  


  • Assinaturas:
    • (67) 3323-6100
  • Publicidade:
    • (67) 3320-0023
    • (67) 3323-6090
  • Empresa:
    • (67) 3323-6090
    • (67) 3323-6059
 Plataforma Desenvolvimento© Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.