Quinta, 23 de Novembro de 2017

Estatística

Número de casos da dengue seria superior a 3 mil

20 JAN 2010Por 04h:35
Mato Grosso do Sul está entre os cinco estados em situação de risco por conta da dengue, conforme informações do Ministério da Saúde. Desde o início deste ano até ontem o Estado notificou 1.814 casos da doença. Mas as notificações já podem estar acima de 3 mil, de acordo com o diretor estadual de Vigilância em Saúde, Eugênio Barros. “Muitos municípios não repassaram as informações atualizadas, por isso podemos dizer que temos mais de três mil casos notificados”, enfatizou. Conforme a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde (SES), os municípios que estão apresentando maior incidência de notificações de dengue neste ano são: Pedro Gomes, Jardim, Corguinho, Nioaque, Sonora, Campo Grande, Nova Alvorada do Sul e Porto Murtinho. Na Capital, por exemplo, até ontem a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) havia registrado 1.538 casos de dengue, sendo que 9 pessoas estavam internadas no Hospital Dia localizado no Posto de Saúde 24 horas do Bairro Nova Bahia. Durante todo o mês de janeiro de 2009, Campo Grande registrou apenas 149 notificações. Demais regiões em risco De acordo com o Ministério da Saúde, os demais estados em situação de alerta são: Rondônia, Acre, Mato Grosso e Goiás, sendo que três deles pertencem à região Centro-Oeste. Na semana passada, técnicos do Ministério estiveram reunidos, em Campo Grande, com autoridades em saúde de Mato Grosso do Sul. Através da assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde (SES), o consultor técnico do Governo Federal, Rodrigo Fabiano Said, disse que o Ministério está com atenção especial nos cinco estados. “Esses locais estão em situação de risco e o Ministério está colocando à disposição técnicos e o que mais for necessário, dentro do possível, para apoiá-los no enfrentamento à doença”, afirmou. Sintomas Depois da picada do mosquito com o vírus, os sintomas se manifestam normalmente do 3º ao 15º dia da infecção. Esse período é chamado de incubação. O tempo médio de duração da doença é de cinco a seis dias. Os sintomas surgem apenas após este período. Febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, manchas vermelhas no corpo e dor nos ossos e articulações são sintomas que podem indicar dengue e, por conta disso, as pessoas devem procurar o posto de saúde mais próximo. Dengue hemorrágica Se o cidadão já está com suspeita de dengue e começou a apresentar dores abdominais, vômitos e qualquer tipo de sangramento (principalmente no 3º ou 4º dia do início desses sintomas) deve retornar imediatamente à unidade de saúde porque esses são indícios da evolução da dengue para a forma grave, a hemorrágica, que pode levar à morte. Cuidados Depois de consultar um médico, o paciente deve tomar alguns cuidados como, por exemplo, manter-se em repouso, beber muito líquido (inclusive soro caseiro) e só usar medicamentos prescritos pelo médico para aliviar as dores e a febre.

Leia Também