Domingo, 19 de Novembro de 2017

Novos soldados PM ingressam no Cfap no dia 1º de setembro

29 AGO 2010Por 16h:30

         O Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap) da Polícia Militar recebe a partir do dia 1º de setembro os novos alunos para o curso de formação de 2.540 horas/aula. Após o curso, Mato Grosso do Sul ganha um reforço de cerca de 150 novos policiais militares. Em 2011 serão mais de 400 homens sendo incorporados à instituição da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), todos formados pelo Cfap.

        ?Aqui nós temos instrutores especializados nas áreas em que dão aulas para os novos soldados. Podemos dizer que os melhores instrutores da Polícia Militar do Estado estão aqui no Cfap?, afirma o comandante do Centro de Formação, tenente-coronel Valter Godoy Rojas.

        O comandante explica que a recepção aos novos soldados é feito de forma a adaptá-los ao meio militar. ?A primeira semana é de adaptação porque o soldado está saindo do meio civil e entrando para uma rotina militar, por isso são realizadas atividades voltadas para o grupo, ordem unida e condicionamento físico?, diz. Conforme o tenente-coronel, desta forma os novos soldados são preparados para o início das matérias que formam o policial militar que irá atuar junto à população. ?Começamos com matérias básicas e depois se vai ampliando o campo de conhecimento. O curso é bastante técnico, porém sem exageros?, completa.

        São oito meses de formação diária dentro do Cfap. As matérias são aplicadas em quatro módulos subdivididos em ciclos que duram dois meses cada. As aulas são aplicadas todos os dias na academia e os soldados também começam a tirar serviço no local para começar a se ambientar ao serviço militar da polícia. ?Começam com serviço de guarda do quartel já para condicioná-los às rotinas militares?, comenta o comandante.

        Já durante a formação os alunos recebem uma bolsa equivalente a 70% do valor salarial pago a um soldado PM. ?Também incentivamos para que eles participem de cursos de aperfeiçoamento oferecidos pela Rede de Educação à Distância (EAD) da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Com isso eles aprendem mais e podem ser beneficiados pela Bolsa Formação?, observa o tenente-coronel.

Leia Também