Sábado, 18 de Novembro de 2017

Novos acessos viários melhoram o fluxo de veículos em Dourados

12 AGO 2010Por 07h:55
Beatricce Bruno

Investimentos de R$ 76 milhões foram aplicados no Anel Viário de Dourados e na duplicação da MS - 156, que liga o município a Itaporã. A conclusão da pavimentação da MS - 379 – trecho do entroncamento de Laguna Caarapã com a BR - 463 – completaram a estrutura do Perimental Norte, como também é chamado, no sentido norte e sul. A obra melhorou o fluxo das carretas que fazem o escoamento da produção de grãos da região para os estados do sul e sudeste do País, além de desafogar o tráfego de veículos, bastante intenso entre os municípios da região.
De acordo com o projeto, da rodovia da perimental terá uma pista de 12 metros de largura, sendo 3,5 de pista de rolamento e 2,5 de acostamento. Nesta obra, R$ 29 milhões foram de recursos próprios do governo do Estado.
O trecho da perimental compreende os entroncamentos da BR-463 (Laguna Caarapã), MS - 162 ( Itaporã) e BR- 163 (Fátima do Sul).

Economia
A Grande Dourados é a segunda região econômica de Mato Grosso do Sul. A abertura das vias e a ligação das malhas estaduais e vicinais com a rodovias federais garantiram a nova logística para o transporte. A expectativa também é de que a facilidade de acesso atraia novos investidores, indústrias e empreendimentos para a Grande Dourados.

Sonho
O Anel Viário é um sonho de 20 anos da população de Dourados. A falta desta obra fazia com que os caminhões de carga passassem por dentro do município. Isso provocou diversos acidentes, o que tornou Dourados o município com maior índice de acidentes do Estado. Somente no ano passado, foram registrados 2,5 mil acidentes, com 38 mortos.

Leia Também