Segunda, 20 de Novembro de 2017

Novo treinador visa ao Mundial

23 JAN 2010Por 08h:14
Apresentado como treinador da seleção brasileira de basquete a cerca de sete meses do início do Mundial da Turquia, o argentino Ruben Magnano não quis se arriscar em falar de números na disputa mais importante da temporada. Ele, porém, prometeu que o time nacional apresentará uma performance melhor que a 19a colocação obtida em 2006, o pior resultado brasileiro da história. “Não tenho como dizer qual será o resultado do Brasil, mas me animo a falar que o time vai ter um bom desempenho”, comentou o treinador, dizendo ter “muita esperança pela atitude que viu no Brasil durante a Copa América”, torneio clasificatório para o Mundial no qual o Brasil sagrou-se campeão em 2009 ao vencer Porto Rico na decisão. Incitado a analisar o grupo brasileiro na primeira fase, Magnano demonstrou otimismo. “A primeira vaga deve ficar com os Estados Unidos e temos potencial para pegar o segundo lugar. Ainda é um pouco cedo para analisar os outros times, mas pela história do basquete europeu, Croácia e Eslovênia devem ser bons rivais”, comentou o técnico.

Leia Também