Sábado, 25 de Novembro de 2017

Novo regimento propõe profundas mudanças nas atividades parlamentares

21 OUT 2008Por 21h:10
     

Com aprovação prevista para novembro, o novo Regimento Interno da Assembléia Legislativa propõe profundas mudanças no cotidiano dos trabalhos parlamentares. Ontem, o deputado estadual Onevan de Matos (PDT) tirou o projeto da gaveta ao apresentar, depois de quase um ano, parecer sobre as 102 emendas. Além disso, apresentou outras 14 novas sugestões. Entre as novidades, ele propõe o aumento de cinco para seis parlamentares na composição das comissões; diminuição do tempo de uso da tribuna de 30 para 20 minutos e a manutenção do voto secreto para a escolha de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

No entanto, o relator da Comissão de Reforma do Regimento Interno, deputado estadual Youssif Domingos (PMDB), informou que as 14 novas propostas só poderão ser avaliadas se apresentadas em plenário, no dia da votação do projeto. "O prazo regimental para apresentar emendas à proposta já encerrou", explicou.

Leia Também