Sábado, 18 de Novembro de 2017

Novo cadastro tira mais de 400 pessoas da fila por fígado no RJ

19 AGO 2008Por 21h:45
     

 

Depois de um recadastramento feito pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, dos 1.057 pacientes inscritos na lista de espera por um fígado, apenas cerca de 650 continuam ativos. A medida foi anunciada depois da prisão do ex-chefe da equipe de transplantes hepáticos do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Joaquim Ribeiro Filho. Ele foi preso durante a Operação Fura Fila, da Polícia Federal e estava sendo acusado de desrespeitar a ordem da lista.

O resultado do novo levantamento, divulgado hoje, mostra como a lista estava desatualizada. Do total, 117 pacientes já morreram, 377 não estava com seus contatos atualizados no cadastro, 20 deles não tinham mais indicação médica para o transplante e oito haviam realizado o transplante intervivos.


Com informações da Agência Estado
        

Leia Também