Quarta, 22 de Novembro de 2017

Nova lei cubana permite arrendamento de terras ociosas

18 JUL 2008Por 17h:30
     

        Uma nova lei sobre o uso de terra públicas ociosas foi publicada hoje no diário Granma, o jornal oficial do Partido Comunista Cubano. Fazendeiros particulares e cooperativas poderão usar mais de 100 acres (40 hectares) de terra arável ociosa, como parte das medidas do presidente Raúl Castro para reviver a agricultura do país. A lei, no entanto, não define qual será a quantidade de terra ociosa do governo que será usada em exploração particular e também não indica quantos cubanos estão adequados a receber as terras.

        Com informações do Estadão

Leia Também