Domingo, 19 de Novembro de 2017

Nova função das varandas

28 MAI 2010Por 06h:08
Marcella Brum, Bolsa de Mulher
 
Privilegiar os ambientes de convivência e o correto aproveitamento das áreas são pontos cada vez mais essenciais nos projetos modernos na decoração das casas. E as varandas, que são lugares perfeitos para conversas e horas de relaxamento, pedem uma bela decoração para abrigar sua família e convidados. De acordo com os decoradores, a varanda atualmente recebeu a função de sala de estar, por ser uma área aconchegante que atrai o convívio. E esse ambiente pode ser utilizado o ano todo, inclusive em apartamentos, dependendo da decoração.

Tecnicamente falando, a varanda consegue atender à necessidade de conforto térmico da residência, já que serve de anteparo para as intempéries do clima e, logo para não permitir que o sol e a chuva incidam de maneira direta dentro do lar. Mas com o decorrer dos anos a varanda se tornou um local bastante procurado como um espaço de estar da casa.

Várias vezes a varanda significa uma extensão da sala de estar, como podemos encontrar nos lançamentos imobiliários em que a parte externa se torna um lugar de lazer e de encontro dos familiares devido às grandes dimensões e da instalação de churrasqueiras, fogões a lenha ou até fornos para pizza.
Por ser uma área intermediária entre a parte interna e externa da casa, o visual das varandas fica ainda mais agradável se houver plantas. Procurar o equilíbrio entre o mobiliário utilizado e as espécies apropriadas não é complicado, porém é preciso atenção na escolha das plantas que melhor se adaptam ao espaço, observando a incidência de sol e luz.

Nas sacadas, devido ao espaço reduzido, as possibilidades são menores porém não menos importantes. Plantas e decoração precisam ser adaptadas. Uma boa ideia é cultivar ervas aromáticas em vasinhos, além de plantas de tamanho médio que possam garantir privacidade aos moradores, e que não exijam muitos cuidados para que permaneçam saudáveis. Pequenas telas, vasos de plantas fixados na parede e os mais diversos objetos podem ser bem usados e reinventados nesse ambiente de bem-estar.

Segundo os decoradores, a varanda ultrapassa os limites da sala de estar, que já se trata de um espaço multiuso com diferentes funções, desde tomar sol pela manhã, almoçar à luz do dia, receber amigos, proteger a residência até ser um local em que o lazer e a funcionalidade se unam.

Mobília
Como se trata de uma área molhada – é chamado assim porque a varanda pode receber água tanto da chuva quanto na própria lavagem do espaço –, o ideal é usar revestimentos de piso e de parede, que devem ser feitos com materiais resistentes e impermeáveis.
Além disso, os móveis devem seguir o mesmo critério. A pessoa pode optar por mobílias feitas com fibras naturais, mas precisa sempre tomar cuidado com a manutenção, mas hoje temos peças feitas com materiais sintéticos que são muito parecidas com as naturais e servem muito bem para o ambiente externo.

Outro cuidado que os decoradores recomendam ter é com o revestimento das almofadas e sofás que ficam nessa área. Não é aconselhável o uso de tecidos próprios para interior, mas sim aqueles que aceitam intempéries com mais resistência, como os náuticos.
A dica é escolher aparadores e mesas de madeira encerada, que resistirão melhor ao tempo, assim como cadeiras e poltronas de vime. Se houver sofás, é bom providenciar capas feitas de tecidos resistentes como a sarja, que podem ser retiradas e lavadas.

Leia Também