Domingo, 19 de Novembro de 2017

No Engenhão, confronto que vale título e rebaixamento

5 DEZ 2009Por 13h:44
     

        Da redação

        Nos últimos quatro anos, Muricy Ramalho chegou à rodada decisiva do Campeonato Brasileiro já campeão ou com chances de título. Só não saiu vitorioso em 2005, quando seu Internacional perdeu o primeiro lugar para o Corinthians. Tricampeão com o São Paulo, o técnico tenta neste domingo a glória com o Palmeiras. A partir das 16 horas, contra o Botafogo, no Engenhão, precisa vencer e torcer por tropeços de Flamengo e Internacional. Os cariocas têm de ganhar para seguir na Série A.
        Ao mesmo tempo que luta pelo título, o Palmeiras ainda briga por vaga na Copa Libertadores. Se não conseguir um ponto no Rio, pode ser ultrapassado pelo Cruzeiro e entrar em crise. O ambiente no clube já não anda bem. Nos últimos dias, Vágner Love brigou com três torcedores da Mancha Alviverde e o ônibus da delegação sofreu uma emboscada na estrada, antes do jogo contra o Atlético Mineiro, na rodada passada.
        A pressão é forte. Nem Muricy deve sair ileso caso a classificação não chegue neste domingo. "O importante é chegar ao último jogo brigando pelo título. Se fosse em outro país, a campanha seria excelente", comparou o técnico. "Ninguém aqui analisa o trabalho, apenas o resultado".
        O Palmeiras ficou 19 rodadas na liderança e caiu de produção na reta final. Com a difícil briga pelo topo, garantir vaga na Libertadores tornou-se obrigação. "Se não conseguirmos, vai ser um ano jogado no lixo", disse Edmílson.
        O Botafogo é um adversário indigesto para o Palmeiras. Na última rodada do Brasileiro do ano passado, foi ao Palestra Itália, venceu por 1 a 0 e quase tirou os paulistas da Libertadores - só não ficaram de fora porque o Flamengo, que poderia passá-lo, também perdeu.
        Ao contrário de 2008, quando não disputava mais nada, agora o Botafogo joga pela sobrevivência. Quer fazer neste domingo o mesmo que há duas rodadas, quando venceu o líder São Paulo. Com dois times em busca do resultado positivo, o confronto promete emoção. Em jogo, título e rebaixamento. (informações do Estadão)
        

Leia Também