Quarta, 22 de Novembro de 2017

No compasso das transmissões

9 FEV 2010Por MARIANA TRIGO, TV PRESS22h:17
Enqua nto as escolas, blocos e trios de carnaval tentam surpreender na festa profana a cada ano, o cenário nas emissoras de tevê aberta na cobertura de carnaval não apresenta gingados inovadores. O clima de folia nas transmissões do carnaval deste ano se equilibra entre duas emissoras de tevê aberta. Enquanto a Globo se concentra no samba do Rio e São Paulo, a Band, pelo 11º ano consecutivo, aposta no Band Folia, que se divide entre as coberturas do carnaval de Salvador e Olinda. Já a Rede TV!, como nos anos anteriores, permanece focada no ritmo dos bastidores do carnaval carioca e paulistano, mostrando as fofocas dos camarotes e a cobertura de bailes tradicionais do Carnaval do Rio. Uma das poucas novidades na cobertura da Globo neste ano é o fim do estúdio de vidro em formato de bolha, que ficava suspenso sobre as passarelas do samba no Rio e em São Paulo. Decisão dos novos diretores do carnaval da Globo, Boninho e Roberto Talma, que substituem Aloysio Legey, responsável pelo carnaval da emissora nos anos anteriores. “Vamos trabalhar com mais integração entre o jornalismo e o entretenimento. Com mais liberdade para os repórteres durante a transmissão, criando um ambiente mais informal, com um local que funcionará como uma Central da Transmissão que é a Esquina do Samba”, explica Roberto Talma. Num espaçoso estúdio com um telão de plasma, os apresentadores Glenda Kozlowski e o locutor esportivo Luís Roberto, que estreia no carnaval, vão ancorar os desfiles da Marquês de Sapucaí, onde também ficará Chico Pinheiro, que recebe convidados e comentaristas durante os desfiles. “Ficaremos num lugar privilegiado, no termômetro das escolas, que é a entrada na avenida. É lá que o bicho pega se enguiçar um carro, por exemplo”, valoriza Glenda. Na cobertura em São Paulo, Mariana Godoy, que desde 2002 não apresenta o carnaval paulistano, agora divide a bancada com Cléber Machado. “Estou me preparando muito, visitando todos os barracões. Gosto de saber dos mínimos detalhes, pesquiso a fundo cada escola e vejo como o carnaval paulista se profissionalizou”, elogia Mariana. Além do samba no pé, o gingado do axé tem cada vez mais destaque na cobertura do Band Folia. Kátia Gardin, diretora do carnaval da Band, se prepara para as 60 horas de transmissão ao vivo em Salvador, Recife e Olinda, além das transmissões dos grupos de acesso no Rio e em São Paulo e o desfile das escolas campeãs no sábado, no Rio. Um dos maiores destaques da cobertura da Band, com mais de 300 profissionais envolvidos, será a comemoração dos 60 anos de trio elétrico em Salvador. “Vamos mostrar a evolução dos trios ao longo desses anos com depoimentos de artistas. Os maiores representantes do axé music visitarão os estúdios da Band no circuito Barra Ondina e Campo Grande”, detalha Kátia. Mas a mistura de gêneros se destaca também na cobertura de Olinda e Recife no Band Folia. Enquanto Patrícia Maldonado e Betinho ancoram o carnaval noturno em Salvador, em Pernambuco é a vez de Lorena Calábria e Luiz Megale mostrarem os detalhes da festa dos blocos do frevo com Nivaldo Pietro e Renata Fan. “Os artistas estão preparando muitas surpresas para os foliões este ano pelas datas comemorativas de Salvador” avisa Patrícia Maldonado. Já Lorena Calábria, que estreia na cobertura da Band, ressalta a diversidade do carnaval de Olinda e Recife e como a festa diurna da cidade atrai mais foliões para a região. “Vai ser uma cobertura mais rica em detalhes, mostrando a diversidade do povo brasileiro”, exalta Lorena. Ainda na folia nordestina, a Rede TV! mostra a dançarina Carla Perez apresentando os bastidores do carnaval de Salvador. Mas prioriza a cobertura dos bastidores do Carnaval paulista e carioca com Nelson Rubens e Flávia Noronha na apresentação. Fora do estúdio, a emissora conta com repórteres nos camarotes, na concentração e na dispersão das avenidas, além dos tradicionais bailes cariocas, como o Gala Gay, na terça-feira de carnaval, apresentado por Monique Evans e Léo Áquila, entre outros. “Essa cobertura vai ser muito mais animada, com novos repórteres e muito mais diversão para quem assiste”, promete Nelson Rubens.

Leia Também