Segunda, 20 de Novembro de 2017

Nigeriano aceita se divorciar de 84 de suas 86 mulheres

1 SET 2008Por 11h:00
     

 

 

Um nigeriano de 84 anos casado com 86 mulheres aceitou neste final de semana cumprir com um decreto islâmico que ordena que ele se divorcie da maioria de suas esposas, mantendo apenas quatro, informaram autoridades locais à BBC.

Na semana passada, um dos principais grupos islâmicos na Nigéria, o Jamatu Nasril Islam, condenou Mohammed Bello Abubakar à morte por causa do número excessivo de esposas que ele mantinha.

A sentença foi retirada, mas as autoridades ameaçaram despejar o ex-professor e pregador muçulmano de sua casa caso ele não se divorciasse.

Líderes religiosos locais decidiram que um homem pode ter até quatro mulheres, desde que demonstre ter condições de dar o mesmo tratamento a todas elas.

Bello Abubakar, entretanto, desafiou as autoridades, dizendo que o Alcorão não prevê nenhuma punição para quem tem um número maior de mulheres.

 

Com informações do G1

 

Leia Também