Segunda, 20 de Novembro de 2017

Nigéria reduz número de mortos em massacre

10 MAR 2010Por 10h:13
     

        Ikechukwu Aduba, um chefe de polícia estadual da Nigéria, reduziu hoje o número de mortos no massacre sectário ocorrido no fim de semana no país. Inicialmente, autoridades chegaram a citar 500 vítimas, mas agora o número oficial é de 109 mortos, segundo o chefe de polícia. Aduba disse que 49 membros do clã muçulmano Fulani já foram presos, acusados de participarem dos ataques em vilas cristãs no fim de semana perto da cidade de Jos, no centro do país. Segundo a autoridade, os detidos confessaram em depoimentos que estavam em uma "missão de vingança", ainda não explicada. Ele afirmou que os 49 presos serão acusados por conspiração e homicídio doloso.

        Com informações do Estadão
        

Leia Também