Domingo, 19 de Novembro de 2017

Neve no telhado

25 MAI 2010Por 07h:28

Gustavo Monteiro, Bolsa de mulher

 

Se os cabelos brancos já causam pânico em muitas pessoas, imagine aquele amarelado! O motivo da tonalidade indesejável, dizem os especialistas, é a oleosidade excessiva, a poluição e a distribuição irregular de pigmentação. Os cabeleireiros têm dicas para evitar esse transtorno. Eles sugerem o uso de xampus antiamarelo, normalmente chamados de silver. Eles dão um tom ligeiramente acinzentado e tiram completamente o amarelado dos fios. Eles complementam dizendo que se deve lavar ao menos uma vez por semana com xampu especial para esse tipo de cabelo. O produto contém micropigmentos violetas que com o uso contínuo evitam que os fios fiquem amarelos.

Para quem está começando a perceber o surgimento dos frios brancos – e não está muito a fim de conviver com eles –, é recomendado a ingestão de suplementos vitamínicos à base de zinco, cobre e ácido pantotênico, que podem ajudar a retardar o aparecimento. Não há tratamentos tópicos com comprovação científica de eficiência.

 

Entenda melhor

Aparece um aqui, outro acolá e quando você se dá conta a cabeça está cheia deles. Não tenha medo, cabelos brancos fazem parte do ciclo biológico e, mais cedo ou mais tarde, vão aparecer na vida de todo mundo. Iremos explicar o porquê desse fenômeno e dar dicas para quem está nos dois times: o das que gostam do visual grisalho e querem mantê-lo elegante e o das que detestam os cabelos brancos e não abrem mão de escondê-los.

Como diz a sabedoria popular, a preocupação é que faz os cabelos ficarem brancos, não é mesmo? Os dermatologistas explicam que, embora a afirmação tenha um quê de verdade, o que ocorre é resultado da própria fisiologia humana. A canície, nome científico dado à despigmentação capilar, acontece devido à falta de formação de melanina, responsável pela cor dos melanócitos, as células formadoras da matriz dos cabelos, e está associada principalmente a fatores genéticos.

Porém, o estresse e traumas emocionais também pode ser causadores. Em geral, os homens têm um embranquecimento mais acelerado que as mulheres, com maior quantidade de fios e mais precocemente, mas não existe nenhum estudo que justifique essa incidência. A idade em que os fios brancos começam a aparecer é variável, mas normalmente isso acontece após os 30. Nas negras, depois dos 40.

Para os portadores da Síndrome de Werner, a despigmentação costuma chegar antes dos 20 e tem rápida progressão. Os dermatologistas lembram que distúrbios hormonais e alterações da tireóide podem precipitar o aparecimento. Com relação à dieta existem estudos que correlacionam a canície à carência de zinco (presente em sementes, carnes, peixes, ovos), cobre (grãos, soja, salmão, folhas verdes) e ácido pantotênico (fígado, ovos, peixes, grãos integrais, verduras escuras etc).

 

Como é o fio branco?

Os fios brancos não são mais fracos que os coloridos. Ao contrário. Geralmente se apresentam mais fortes e rebeldes, pois as cutículas são mais fechadas e coesas. Também não há correlação entre canície e calvície, ou seja, os cabelos brancos não necessariamente vão cair. Inclusive, contrariando o que reza a crendice popular, não é recomendável arrancar os fios descoloridos, sob pena de se enfraquecer a matriz, interrompendo-se o crescimento capilar naquela área.

Leia Também