Domingo, 19 de Novembro de 2017

Nem mágoas afastam PT de Dourados de ex-governador

21 ABR 2009Por 22h:00
     

        Fábio Dorta, de Dourados

Apesar das mágoas que ficaram das eleições municipais em que apoiou Ari Artuzi (PDT) em prejuízo ao candidato do partido Wilson Biasotto, o ex-governador José Orcírio dos Santos (PT) não encontrou um território hostil na reunião com a militância e os líderes do partido em Dourados no último final de semana.

Mesmo na ?bronca? com José Orcírio, o PT de Dourados defende candidatura própria ao Governo do Estado em 2010. Alguns líderes, como o ex-prefeito Laerte Tetila e o ex-deputado federal João Grandão, entendem que é improvável uma aliança com o PMDB para apoiar a reeleição de André Puccinelli (PMDB).

João Grandão, por exemplo, afirmou em duas oportunidades ao Correio do Estado que a maioria dos petistas locais defende a candidatura própria ao Governo de Mato Grosso do Sul, mas alertou que o partido precisa estar fortalecido e organizado, para entrar na disputa em condições de vencer.

Leia Também