Sábado, 18 de Novembro de 2017

Nelsinho quer disputar o Senado, mas teme ser chamado de traidor

12 JUL 2009Por 22h:07
     

Maria Matheus

 

O prefeito Nelsinho Trad (PMDB) vive um dilema shakespeariano: ser ou não ser. Ele ainda não tem a menor convicção de que deve renunciar ao cargo de prefeito, em abril do ano que vem, para candidatar-se ao Senado. Ou se permanecerá na chefia do Executivo Municipal, deixando o sonho de ser senador para outra oportunidade.

Pesquisa de avaliação, porém, lançou na vida de Nelsinho Trad a grande dúvida entre o ser ou não ser candidato. Ainda que a maioria absoluta dos eleitores de Campo Grande garantam que votariam nele para a disputa de uma vaga ao Senado, também garantem que se essa candidatura resultar na sua renúncia ao cargo, dois anos e oito meses antes da conclusão do mandato, eles podem não aceitar a decisão.

Leia Também