Quarta, 22 de Novembro de 2017

Naviraiense quer forçar o 2º jogo contra o Santos, na Vila

19 FEV 2010Por 08h:50
Ciente das dificuldades que o time vai enfrentar na próxima quarta-feira diante do Santos, no jogo válido pela Copa do Brasil, no Morenão, o treinador do Naviraiense, Paulinho Rezende deixou claro que o objetivo é apresentar um bom futebol e forçar a disputa da segunda partida, na Vila Belmiro. “Sabemos perfeitamente das qualidades do Santos, mas temos que pensar no nosso time e vamos nos preparar para dificultar ao máximo a vida deles aqui no Morenão. Temos consciência de que eles querem evitar o segundo jogo, mas vamos trabalhar para que isso não aconteça e que possamos estar na Vila Belmiro no dia 10 de março”, afirmou o treinador. Justamente para tentar evitar derrota por dois ou mais gols em Campo Grande, que impediria a disputa da segunda partida, é que Rezende deixou claro que vai fechar o time no meio campo. “Estamos ainda estudando a melhor forma de parar o ataque santista, que é muito rápido. Podemos entrar até com três volantes, mas vamos ver a reação dos jogadores nos treinos”, afirmou o técnico. Ingressos Os ingressos começam a ser vendidos hoje em Campo Grande, nos postos do Shopping Pátio Central e Carioca Sports, ao preço de R$ 30, para as arquibancadas, e R$ 50, para as cadeiras. Quanto à carga de 19.800 ingressos colocados à disposição do torcedor, o diretor da empresa Soccer MS, Paulo Teles, responsável pela organização do jogo, esclareceu: “Se colocarmos 20 mil ou mais torcedores no estádio, teremos que cumprir com todas as exigências do estatuto do torcedor, como instalação de câmeras de segurança em vários pontos do estádio, inclusive no estacionamento, aumento no número de ambulâncias, instalação de ambulatório médico na arquibancada e outros detalhes. Para cumprir com tudo isso teríamos que aumentar o preço dos ingressos e isso ficaria inviável para todos os envolvidos”, afirmou o dirigente.

Leia Também