Nasa dimensiona danos da seca na Amazônia em 2,4 mi de km2

FOLHA29 de Maro de 2011 | 18h15

Os satélites da Nasa (agência espacial americana) forneceram material para uma análise dos estragos provocados pela pior seca a atingir a Amazônia em 2010.

Pela tomada área, estima-se que foram 2,5 milhões de quilômetros quadrados afetados --pouco menos da metade do ecossistema amazônico.

A segunda notícia negativa é que não houve uma recuperação total para os níveis normais, depois do fim do período da seca em outubro de 2010.

Os cientistas se preocupam com a previsão feita por computadores, que apontam que a floresta pode ser ocupada por campos de savanas e pradarias em caso de uma mudança climática com temperaturas mais quentes e alteração no padrão do volume de chuvas.

A ação da seca de 2010 pode ser vista pelo recorde nos baixos níveis dos rios da região, que compreendeu o período de agosto a outubro desse ano e afetou drasticamente
a atividade pesqueira, o abastecimento de água na zona rual e a saúde da população.

O estudo será publicado no "Geophysical Research Letters", jornal da União de Geofísicos Americanos.

Comentários
Mais de Brasil/Mundovisita de DilmaBrasil e México vão assinar acordo para facilitar investimentosPresidente Dilma terá agenda extensa no México semana que vemMais de 150 países definem metas de educação para os próximos 15 anosFórum MundialMais de 150 países definem metas de educação para os próximos 15 anosNoiva atingida por tinta descarta processar ex do maridoprejuízoNoiva atingida por tinta descarta processar ex do maridoLufthansa cogita submeter pilotos a testes médicos de surpresaAéreaLufthansa cogita submeter pilotos a testes médicos de surpresa
 Últimas Notícias  


  • Assinaturas:
    • (67) 3323-6100
  • Publicidade:
    • (67) 3320-0023
    • (67) 3323-6090
  • Empresa:
    • (67) 3323-6090
    • (67) 3323-6059
 Plataforma Desenvolvimento© Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.