Sexta, 17 de Novembro de 2017

"Não podemos subir no salto alto", adverte Dilma

27 MAR 2008Por 20h:16
     

RECIFE

        Logo depois de receber o resultado da pesquisa que indicou o aumento da sua popularidade, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva escalou a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, para comentar os números positivos. Foi a deixa para que Dilma, sem se distanciar do seu estilo seco e discreto, incorporasse o papel de pré-candidata do Palácio do Planalto à sucessão de 2010. Ela alertou para o "salto alto", rebateu ataques da oposição e agradeceu a recepção "afável e alegre" das pessoas na periferia pobre do Recife, reduto tradicional de simpatizantes de Lula. "É um momento de reflexão para nós", disse. "Não podemos subir no salto alto e achar que a questão do País está resolvida." (Com informações da Agência Estado)

Leia Também