Segunda, 20 de Novembro de 2017

Mutirão jurídico vai atender presidiárias de MS

20 FEV 2008Por 09h:05
     

        Cerca de mil detentas devem ser atendidas no mutirão jurídico que será realizado pela Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul e a Coordenadoria Estadual de Políticas Públicas para as Mulheres. Ontem (19), durante uma vídeo-conferência realizada na Assembléia Legislativa, foram lançadas as diretrizes do mutirão, cuja minuta será repassada pelo Ministério da Justiça. O prazo para a realização do mutirão jurídico é de um ano.

         

         

Leia Também