Sábado, 18 de Novembro de 2017

Mundial de Motocross terá circuito de trânsito diferenciado

19 AGO 2010Por 23h:00
     

        Com a expectativa de um público de 50 mil pessoas, o GP Brasil do Campeonato Mundial de Motocross vai contar com uma estratégia de trânsito para facilitar o acesso ao Motódromo da Capital, que fica no Parque dos Poderes, saída para Três Lagoas.

A disputa mais acirrada da modalidade de duas rodas acontece em Campo Grande nos dias 21 e 22 de agosto.

Os últimos detalhes em relação ao estacionamento, entrada e saída de ambulâncias e acesso do público foram definidos nesta quarta-feira (18) pela Polícia Militar, Ciptran, Bombeiros, Polícia Rodoviária Estadual, Funesp, Fundesporte e membros da organização do campeonato.

O traçado para o acesso dos carros inclui a avenida Mato Grosso, a rua Antônio Maria Coelho e BR-262, saída para Três Lagoas.

De acordo com o comandante do pelotão de motociclistas da Ciptran, tenente Paulo Renato, à partir das 6 horas o Parque dos Poderes será interditado desde a rotatória na avenida Afonso Pena que dá acesso à avenida do Poeta, na entrada do Parque dos Poderes. As ruas Gardênia, Antúrio e Imbe, que são paralelas à Afonso Pena, também serão fechadas próximo ao Parque.

Quem optar pela avenida Mato Grosso terá de pegar atalho pela rua Antônio Maria Coelho no trecho em obras, e poderá deixar os carros no estacionamento dos órgãos públicos no Parque dos Poderes. Outra alternativa é a rua Joaquim Murtinho, seguindo na sua continuação pela avenida Ministro João Arinos.

Nos arredores do Motódromo haverá estacionamento pago para cerca de 550 veículos. Ônibus, vans e táxis terão acesso até o portão principal de entrada do evento.

Leia Também