Quinta, 23 de Novembro de 2017

Mulher que teve equipamentos desligados morreu, diz ministro

9 FEV 2009Por 17h:37
     

         

         

Eluana Englaro, a mulher que estava em estado vegetativo desde que sofreu um acidente em 1992, morreu hoje (9). O ministro italiano da Saúde, Maurizio Sacconi, confirmou a morte, mas a informação ainda não foi confirmada oficialmente pela clínica ou pelos familiares da mulher.

Sacconi deu a notícia da morte aos senadores durante reunião de urgência de senadores. Eluana estava havia três dias sem receber comida e hidratação. A família de Eluana ganhou o direito de deixá-la morrer depois de 17 anos de estado vegetativo. Ela estava em coma desde que sofreu um acidente de carro em 1992.

        com informações do G1

Leia Também