Quinta, 23 de Novembro de 2017

Mulher que matou filhas a facadas é condenada a 33 anos de prisão

22 SET 2009Por 18h:40
     

        Uma mãe de 41 anos que matou as duas filhas adolescentes a facadas enquanto elas dormiam, aparentemente para vingar-se do ex-marido, foi condenada nesta terça-feira a 33 anos de prisão por um tribunal britânico.

        Rekha Kulari-Baker, camareira de origem indiana, apunhalou 37 vezes sua filha Davina, 16 anos, e 29 vezes a outra filha, Jasmine, 13 anos, em sua casa de Stretham (sudeste da Inglaterra).

        Com informações do Diário Online

Leia Também