Sexta, 24 de Novembro de 2017

VILA PLANALTO

Mulher fica ferida ao salvar filhos de incêndio em prédio

7 SET 2010Por 21h:06
bruno grubertt

Incêndio no Residencial Pousada Tamandaré, situado na Vila Planalto, em Campo Grande, deixou uma mulher ferida e quase destruiu o apartamento 34. Quanto protegia seus filhos, uma criança de 5 e outra de 6 anos, a vítima acabou sofrendo queimaduras nas pernas. Assim que ficaram sabendo do ocorrido, outros moradores se deslocaram até o local e ficaram apavorados. O fogo durou cerca de 20 minutos e não atingiu outros apartamentos. As crianças saíram ilesas.
Cinco viaturas e 19 bombeiros foram mobilizados para conter as chamas. De acordo com a proprietária do imóvel, a comerciária Noêmia de Oliveira Leite, que mora há 20 anos no local, sua filha, Simone de Oliveira Leite, estava no apartamento junto com seus netos, quando o fogo começou. Simone enrolou as crianças em um cobertor e conseguiu sair do local. Ela, que inalou muita fumaça, foi socorrida pelos bombeiros e levada para a Unidade de Pronto Atendimento da Vila Almeida. No fim da tarde, Simone permanecia na unidade e passava bem.
De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros, Leonardo Moura Marsola, não se tinha como determinar a causa das chamas, que destruíram a sala, e atingiram um quarto e um banheiro. Marsola também disse que outras pessoas tentaram apagar o fogo com a ajuda de extintor, porém, esqueceram de retirar o pino de segurança e romper o lacre, por isso, o equipamento não funcionou.
Vizinhos disseram que ouviram gritos e pedidos de socorro. “Só fui ver que era incêndio quando olhei pela janela e vi a fumaça”, disse a estudante Nathália Torres, que mora em um bloco próximo.
A síndica do prédio, Sara Messa, afirmou que o condomínio tem extintores de incêndio e estrutura necessária para evitar a propagação das chamas. De acordo com ela, que mora no apartamento ao lado do que pegou fogo, a mãe das crianças teria dito que um de seus filhos estava brincando com um isqueiro em cima no sofá, pouco antes do fogo começar. Os bombeiros não confirmam a informação.
O Corpo de Bombeiros informou que a estrutura do prédio não ficou comprometida e permitiu que os moradores voltassem a suas casas.

Leia Também