Segunda, 20 de Novembro de 2017

Mulher é mantida refém de ex-marido há mais de 60 horas

15 FEV 2010Por 14h:00
     

        A Brigada Militar segue sem previsão para a libertação da mulher que é mantida sob cárcere privado pelo ex-marido desde às 23h30min de sexta-feira em Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre. O subcomandante da corporação, coronel Jones Calixtrato dos Santos, disse que as negociações são ininterruptas, o que pode levar a um acordo a qualquer momento, mas, ao mesmo tempo, confirmou que o sequestrador, que trabalha como vigilante, está acostumado a passar noites em claro e pode resistir por mais alguns dias.  O drama já dura mais de 60 horas. Na noite de sexta-feira, o vigilante Rodrigo Luz, de 32 anos, invadiu a casa da sua ex-mulher Josiane Pontes, de 29 anos, onde também estavam os filhos do casal, de 11 e 8 anos. Inconformado com a recente separação, ele faz ameaças à família e chegou a disparar contra um cunhado da mulher que entrou no pátio. A bala raspou o pescoço, sem provocar ferimentos. Ao amanhecer, já cercado pela polícia, Luz libertou as crianças.

        Com informações do Estadão

         

Leia Também