Quarta, 22 de Novembro de 2017

Mulher é investigada por manter neta acorrentada em Amambai

13 JUN 2009Por 12h:00
     

        Uma mulher, de 69 anos, é investigada pela polícia de Amambai e Ministério Público, por manter acorrentada a neta, uma adolescente de 15 anos. A garota foi libertada por policiais militares, ontem à tarde, após denúncias de vizinhos. A avó disse que mantinha a jovem acorrentada para que ela não saísse perambulando pelas ruas da cidade. Já a adolescente disse que fazia isso porque não quer morar com a avó.

         

         

Leia Também