Sábado, 18 de Novembro de 2017

Mulher com suspeita de contaminação por nova gripe é retirada de avião no PR

18 JUL 2009Por 15h:50
     

Da Redação

Em Maringá, no interior do Paraná, uma mulher foi obrigada a desembarcar de um vôo da Gol-Varig que atrasou a partida por quase três horas para São Paulo, por suspeita de estar contaminada pela nova gripe.

O avião com cerca de 130 passageiros a bordo, deveria partir por volta das 17h40, mas decolou por volta das 20h20

Ao entrar no avião, a passageira avisou que estava gripada e pediu uma máscara. A tripulação comunicou o caso à Agencia Nacional de Vigilância Sanitaria (Anvisa), que impediu a mulher de permanecer a bordo. Mas ela se negou a descer.

        O impasse dentro da aeronave durou cerca de duas horas, mas a mulher foi convencida a deixar o avião. Ela teria dito que estava gripada, porém, segundo ela, não estaria apresentando os sintomas da nova gripe. O caso ainda levou um casal a desistir da viagem. 

        A Empresa da Gol informou que está seguindo as recomendações da Anvisa, e que a agência determina que, em caso de embarque de passageiros com suspeita da nova gripe, a companhia aérea deve encaminhá-los às autoridades de saúde locais.

         

        Com informações do G1

Leia Também