Sexta, 24 de Novembro de 2017

Mulher-bomba deixa 35 mortos em santuário de Bagdá

4 JAN 2009Por 12h:20
     

        Da Redação

         

        Uma mulher-bomba suicida causou a morte neste domingo de 35 pessoas, deixando ainda ao menos 79 feridos em um santuário xiita a noroeste de Bagdá, informou o governo iraquiano.
        A explosão ocorreu em um posto policial na parte externa do santuário Imam Moussa al-Kadhim, em Kadhimiya, uma área dominada por xiitas em Bagdá, quando a comunidade se preparava para o feriado religioso Ashura, na próxima semana. O Ashura lembra a morte de Hussein, neto do profeta Maomé.
        A maioria das vítimas era de peregrinos vindos do Irã, segundo um porta-voz das forças de segurança. 
        
        

Leia Também