Quarta, 22 de Novembro de 2017

MST cobra investigação sobre venda de lotes da reforma agrária em MS

16 ABR 2008Por 17h:22
     

        Integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) cobraram hoje (16) do superintendente regional do Incra, Flodoaldo Alencar, a investigação das vendas de lotes que foram destinados à reforma agrária em Mato Grosso do Sul. As vendas, segundo o MST, teriam acontecido por benficiários dos próprios assentamentos. O superintendente informou que a Polícia Federal vai investigar o caso. A cobrança faz parte das ações desenvolvidas nesta quarta-feira pelo MST em pelo menos 8 Estados e no Distrito Federal.

         

         

         

Leia Também