Sábado, 25 de Novembro de 2017

MS tem o 4º menor percentural de rede de esgoto

18 SET 2008Por 13h:34
     A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que o número de residências atendidas por rede coletora de esgoto chegou a 51,3% no País. o número aumentou 2,8 pontos percentuais entre 2006 e 2007. Dentre as cinco regiões do Brasil, o Centro-Oeste tem o pior cenário em relação ao esgotamento: quase 53% das residências não têm qualquer tipo de saneamento regular. Mato Grosso do Sul tem o 4º menor percentual de esgotamento sanitário. Dos 726.000 domicílios, apenas 221.000, ou seja,  30,4% tinham rede coletora de esgoto ou fossa séptica em 2007.
        Na região Norte, a quantidade de domicílios ligados à rede de esgoto mais que dobrou de 2006 para 2007, passando de 186 mil para 381 mil. Mesmo assim, a região continuou com a menor parcela do País (9,8%). Mato Grosso lidera a lista do país, com 73,9% de casas sem o serviço. Do lado oposto, estão as regiões Sudeste e Sul que têm 89,4% e 79,5%, respectivamente, de domicílios com rede ou fossa. Quando se trata apenas da implantação de rede coletora, a região Norte é a pior, com apenas 9,8% das moradias atendidas.
        
        
        

Leia Também