Sábado, 25 de Novembro de 2017

MS quer imunizar 195 mil crianças contra a poliomelite

11 AGO 2010Por 15h:00
     

No próximo sábado (14), o Ministério da Saúde, em conjunto com as secretarias Estadual e Municipais de Saúde realiza a segunda etapa da campanha nacional de vacinação contra a poliomielite. Em Mato Grosso do Sul, a população de crianças menores de cinco anos a vacinar nessa fase é de 206.035, com meta mínima a atingir de 95%, o que corresponde a 195.734 crianças. Mesmo as que já tenham sido vacinadas anteriormente, devem tomar a dose. Em todo o Brasil, a expectativa é imunizar 14,6 milhões de crianças.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, foram disponibilizadas para a campanha em Mato Grosso do Sul 309 mil doses da vacina, que é administrada via oral, em gotas. "Serão organizados 1.500 postos de atendimento, entre volantes e fixos e 3.800 pessoas estarão trabalhando no dia 14", explica a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Bernardete Gomes Lewandowski. Os postos funcionarão das 7h às 17h.

A participação dos pais e responsáveis é essencial para garantir o objetivo da imunização. Na primeira etapa da campanha deste ano, realizada no dia 12 de junho, a meta era vacinar no mínimo 195.735 crianças (95%) e foram vacinadas 186.758 (90,64%). Apenas 40 dos 78 municípios alcançaram o percentual mínimo.

Se o índice dessa segunda etapa for alcançado, Mato Grosso do Sul repetirá o bom desempenho de 2009, quando as coberturas vacinais foram de 98,49% e 97,56%, registrando a imunização de 202.931 e 201.011 crianças em cada etapa, respectivamente. Mesmo com esses resultados globais atingindo os índices, 16 dos 78 municípios na 1ª etapa e 15 na 2ª etapa ficaram com coberturas vacinais abaixo da meta no ano passado.

Os municípios que não alcançaram as metas em 2009 foram, na primeira etapa, Anastácio, Aquidauana, Bodoquena, Jatei, Bela Vista, Caracol, Amambai, Brasilândia, Selvíria, Campo Grande, Figueirão, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia e Terenos. E, na segunda etapa, Aquidauana, Bodoquena, Jateí, Japorã, Juti, Caracol, Cassilândia, Paranaíba, Selvíria, Ladário, Campo Grande, Figueirão, São Gabriel, Sidrolândia e Três Lagoas.

Já em 2010, ficaram aquém da meta na etapa de junho as cidades de Anastácio, Aquidauana, Bodoquena, Dois Irmãos do Buriti, Miranda, Pedro Gomes, Rio Verde, Sonora, Jateí, Laguna Carapã, Vicentina, Guia Lopes da Laguna, Jardim, Porto Murtinho, Iguatemi, Mundo Novo, Anaurilândia, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Cassilândia, Ponta Porã, Água Clara, Bataguassu, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Selvíria, Três Lagoas, Ladário, Bandeirantes, Camapuã, Campo Grande, Corguinho, Figueirão, Jaraguari, Ribas do Rio Pardo, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia e Terenos

Leia Também