Sexta, 24 de Novembro de 2017

MS poderá fazer empréstimo no exterior para quitar dívida com a União

27 MAR 2008Por 20h:48
     

Mato Grosso do Sul poderá recorrer a empréstimo no exterior para quitar a dívida de mais de R$ 6 bilhões com a União e ter folga em caixa para fazer investimentos. Vice-presidente do Banco do Brasil, Maguito Vilela disse que a proposta será apresentada ao Governo do Estado.

Pelo acordo, o Estado faria empréstimo para pagar a dívida com a União e o Banco do Brasil funcionaria como uma espécie de "garantidor". Caso o Estado atrase o pagamento das parcelas, o banco retém o repasse constitucional do Fundo de Participação do Estados (FPE) destinado a Mato Grosso do Sul e usa o dinheiro para pagar a dívida. O senador Delcídio do Amaral (PT), que se reuniu hoje em Brasília com Maguito e com o diretor do Banco do Brasil para a área de Governo, Sérgio Miranda, garantiu que vale a pena fazer um empréstimo externo para saldar a dívida. "A vantagem é que este empréstimo será feito com juros menores que aqueles pagos ao Tesouro Nacional e há o alongamento das parcelas. Isto vai aliviar as finanças de Mato Grosso do Sul, permitindo mais investimentos".

Leia Também