Terça, 21 de Novembro de 2017

MS participa de pesquisa inédita com armadilhas para mosquito

3 NOV 2009Por 10h:23
     

                 

                 

O Ministério da Saúde vai realizar um estudo sobre a eficácia e eficiência de armadilhas para mosquito da dengue. As regiões Norte, Centro-oeste, Nordeste e Sudeste vão participar deste estudo. O principal objetivo da pesquisa é conferir qual dos métodos utilizados é mais eficaz na captura do mosquito para auxiliar no controle de vetores e possibilitar um melhor monitoramento das regiões com os maiores índices de incidência do mosquito. Assim, as ações de prevenções poderão ser melhor planejadas.

Na região Centro-oeste, somente Campo Grande participa da pesquisa que será aplicada nos bairros Guanandi, Planalto e Vila Carvalho. A escolha desses locais foi técnica, levando em conta, entre outros critérios, o índice de infestação do mosquito, a população e o tamanho dos bairros. O estudo vai durar dois anos.

                 

Leia Também