Terça, 21 de Novembro de 2017

MS investiga 2ª morte por febre amarela

19 FEV 2008Por 16h:36
     

 

O paraguaio Rodolfo Escobar, de 38 anos, que morreu no dia 7 de fevereiro no Hospital Regional de Ponta Porã, pode ter sido a segunda vítima fatal da febre amarela em Mato Grosso do Sul.

Não foi possível verificar onde Escobar ? que morava em Pedro Juan Caballero, mas trabalhava em uma fazenda no lado brasileiro da fronteira ? teria contraído a doença. Autoridades brasileiras e paraguaias investigam o caso.

A primeira morte por suspeita de febre amarela, foi a do empresário Nelson Machado Ribeiro, de 44 anos, em janeiro. O caso ainda está sendo investigado pela Vigilância Sanitária.

 

Leia Também