Quinta, 23 de Novembro de 2017

MS avança nos setores de siderurgia a carvão vegetal

5 AGO 2008Por 14h:06
     

As Secretarias de Estado de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo (Seprotur) e do Meio Ambiente, Cidades, Planejamento, Ciência e Tecnologia (Semac), participam amanhã , dia 6 de agosto do ?Café com Notícias?, evento que irá debater com a imprensa sobre ?Siderurgia a Carvão Vegetal em MS?. A programação acontece das 7h30 às 11h na Federação das Indústrias do Estado (Fiems). A ação visa esclarecer a sociedade sobre o setor e suas prerrogativas no âmbito estadual e nacional. Também participam do debate representantes dos setores produtivo (Federação da Agricultura e Pecuária de MS ? Famasul), siderúrgico (Vetorial, MMX e Simasul), indústrial (Fiems e Sindicato das Indústrias e dos Produtores de Carvão Vegetal de MS ? Sindicarv), entidade do setor (Associação Sul-mato-grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas ? Reflore/MS), e Sebrae/MS. Nos últimos dois anos, o Estado enquadrou 63 operações de crédito no FCO no valor de R$ 217,7 milhões para implantação de florestas de eucalipto e negocia outros R$ 409,5 milhões em investimento de três novas indústrias siderúrgicas que devem viabilizar seus empreendimentos em MS. Há ainda outras quatro unidades semelhantes em funcionamento que já investiram R$ 234,5 milhões e geram 769 empregos em Aquidauana, Corumbá, Ribas do Rio Pardo e na Capital.

Leia Também