Domingo, 19 de Novembro de 2017

MPF vai pedir a prisão dos envolvidos da Operação Diamante Negro

21 MAI 2008Por 14h:13
     

 

 

O procurador da República Gustavo Moysés da Silveira, do Ministério Público Federal (MPF) de Três Lagoas, afirmou que deve pedir a prisão dos envolvidos na Operação Diamante Negro e vai denunciar todos integrantes da máfia do carvão. A Polícia Federal ainda faz diligências e busca prender 10 foragidos. A investigação da quadrilha começou em junho de 2007, através de escutas telefônicas, realizadas pelas delegacias da Polícia Federal de Dourados e Três Lagoas. Em abril deste ano, o procurador deu parecer à Justiça Federal pela expedição de 116 mandados de busca e apreensão. A Justiça deferiu 21 mandados de busca e apreensão domiciliar. A Operação Diamante Negro contou com a participação de 140 policiais federais e 30 policiais rodoviários federais.

Leia Também