Sexta, 24 de Novembro de 2017

MPF quer suspensão da venda de brinquedos em redes de fast food

3 MAR 2009Por 23h:40
     

        O procurador da República Marcio Schusterschitz da Silva Araújo, do Ministério Público Federal em São Paulo, enviou recomendação às algumas redes de fast food para que suspendam a venda promocional de brinquedos nas lanchonetes, alegando que os brinquedos são usados para alavancar a venda de alimentos de baixo valor nutritivo. Segundo as assessorias de imprensa, as redes ainda não receberam a notificação.

Com informações do G1

Leia Também