Sábado, 18 de Novembro de 2017

MPF já atendeu 45 vítimas de Rondon

30 SET 2009Por 22h:00
     

                 

                 

O Ministério Público Federal já atendeu 45 mulheres vítimas do ex-médico Alberto Jorge Rondon de Oliveira, de 53 anos, preso na segunda-feira passada pela Polícia Federal. O órgão está convocando todas as vítimas que ainda não acionaram o ex-cirurgião plástico na Justiça para receber a indenização.

 

A expectativa do órgão federal é de que 120 mulheres tenham sido vítimas do ex-médico. Destas, 65 já integram ação de indenização na Justiça Federal, que determinou o pagamento de indenização e tratamento médico.

 

 A respeito da convocação das vítimas do ex-médico Alberto Rondon para se apresentarem ao Ministério Público Federal esclarece que as vítimas não residentes na capital devem informar seu endereço residencial e telefone, encaminhando e-mail para prdc@prms.mpf.gov.br . A apresentação das vitimas é importante, para calcular a extensão dos danos causados pelo ex-médico.

 

O Ministério Público Federal informa ainda que os atendimentos em Campo Grande continua sendo realizados na sede da Procuradoria da República no Estado de Mato Grosso do Sul (Avenida Afonso Pena, 4444, Vila Cidade).

                 

Leia Também