Quinta, 23 de Novembro de 2017

MPF denuncia 29 envolvidos em esquema de adulteração de leite

8 JUL 2008Por 17h:52
     

 

 

O Ministério Público Federal do município de Passos, Minas Gerais, apresentou hoje (8) uma denúncia à Justiça pedindo o indiciamento de 29 pessoas ligadas à Cooperativa Agropecuária do Sudoeste Mineiro (Casmil). A denúncia é resultado da Operação Ouro Branco, que desvendou um esquema de fraude no leite praticado por duas cooperativas mineiras, entre elas a Casmil.


        Na fraude, uma solução química, composta por soda cáustica e outros produtos, era adicionada ao leite para aumentar o volume e o prazo de validade. A mistura era adicionada ao leite produzido pela Copervale e pela Casmil.


        A diretoria da empresa, funcionários, o engenheiro químico responsável pela fórmula e funcionários do Serviço de Inspeção Federal, que teriam se omitido na fiscalização e recebido propina para ignorar a fraude, foram denunciados. Os envolvidos devem responder por crime contra a saúde pública, crimes contra as relações de consumo, corrupção ativa e passiva e formação de quadrilha.

 

Com informações do G1

Leia Também